quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Chia para Emagrecer

De acordo com os especialistas, a chia é capaz de ajudar no processo de emagrecimento por 3 razões:
  • Aumenta a sensação de saciedade: as fibras da chia se juntam com a água formando uma substância gelatinosa. Isso faz com que a digestão fique mais lenta, reduzindo a sensação de fome por algumas horas.
  • Ação anti-inflamatória: o acúmulo de gorduras no organismo geralmente ocorre devido a uma inflamação. O ômega 3 da chia age nessa inflamação e ajuda o organismo a controlar o apetite.
  • Função desintoxicante: as fibras também colaboram para o bom funcionamento dodo intestino fazendo com que o organismo elimine toxinas.

Outras Propriedades Medicinais

Além de contribuir para a perda de peso, a semente de chia ainda traz outros benefícios para a nossa saúde:
  • Ajuda no controle do colesterol alto;
  • Melhora os níveis de glicemia no sangue;
  • Auxilia na formação dos ossos;
  • Previne diversas doenças;
  • Combate o envelhecimento precoce;
  • Reforça as defesas do organismo.

Como Consumir a Semente de Chia

Para aproveitar esses benefícios, é necessário consumir até 3 colheres de sopa da chia – in natura, farinha ou óleo – ao longo do dia. Você pode adicionar a chia no preparo de outro alimentos ou ingeri-la pura mesmo. O ideal é comer 1 colher das de sopa da semente 30 minutos antes das refeições principais. Mas cuidado: a chia é uma alimento calórico. Por isso, não exagere nas quantidades.

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

MASSAGEM ANALGÉSICA


PRIMAVERA


Hospital adota Terapia Alternativa para ajudar a tratar Câncer



Meditação, ioga e acupuntura são algumas das práticas usadas no Albert Einstein; modelo é chamado de medicina integrativa.
Técnicas já são adotadas em hospitais de referência em oncologia nos EUA e podem melhorar a qualidade de vida dos pacientes.

O Hospital Israelita Albert Einstein incluiu práticas como meditação, ioga, acupuntura e REIKI no tratamento do câncer. O modelo, chamado de medicina integrativa, é semelhante aos adotados em instituições de referência internacional em oncologia, como o M.D. Anderson e o Memorial Sloan-Kettering Center, nos EUA.


A inclusão dessas técnicas, até bem pouco tempo desacreditadas na a

rea médica, tem sido motivada pela grande demanda de pacientes que procuram por tratamentos complementares quando têm um diagnóstico de câncer. Além disso, atualmente, há vários estudos controlados demonstrando a eficácia e a segurança delas.


No último congresso mundial de câncer, no início do mês, em Chicago (EUA),

 estudos demonstraram que a acupuntura, por exemplo, pode reduzir as náuseas da quimioterapia e aliviar a xerostomia (boca seca), provocada pela radioterapia na região da cabeça e pescoço.

No Einstein, as práticas são oferecidas a pacientes que acabaram de receber
o diagnóstico de câncer, que estão em tratamento ou que já terminaram.

O cirurgião Paulo de Tarso Lima, responsável pela área de medicina integrativa, diz que as técnicas são adotadas mediante evidências científicas de que funcionam e de que não prejudicarão a terapia convencional.


Lima estima que 70% dos pacientes não contam aos médicos que adotam práticas

complementares (no passado chamadas de alternativas) ao tratamento convencional, seja para não serem questionados a respeito ou por temor de que os médicos desaprovem a técnica.


“Usar essas práticas sem a orientação de um profissional é um risco à saúde.

A fitoterapia, se utilizada de forma incorreta, pode interferir e prejudicar no tratamento do câncer”, afirma. Quando bem indicadas, muitas das técnicas complementares são úteis para melhorar a qualidade de vida dos pacientes e suas respostas aos tratamentos clínicos. “O objetivo é que eles ajudem, e não atrapalhem, a recuperação”, diz Lima.


A ioga, por exemplo, ajuda a diminuir a ansiedade, o medo e os pensamentos

negativos, explica o psiquiatra Rodrigo Yacubian Fernandes, que aplica os princípios da kundalini yoga entre os pacientes oncológicos. A prática também vem sendo usada como tratamento coadjuvante de distúrbios psiquiátricos e psicológicos.


A empresária Maria do Rosário, 50, luta há três anos contra o câncer. Já retirou

parte do intestino, os dois ovários e, agora, faz quimioterapia a cada 15 dias para combater um tumor no pulmão. Por conta dos efeitos colaterais do tratamento, ela também sofre de uma neuropatia que a levou à perda da sensibilidade nas mãos e nos pés.

Para manter o equilíbrio e controlar a ansiedade ela faz reiki, acupuntura e
meditação. O Reiki é uma técnica que usa a imposição de mãos para transmissão de energia vital e desbloqueio do fluxo energético, segundo os terapeutas.

“Essas práticas me relaxam, especialmente quando tenho que passar horas  fazendo exames.”


Ela conta que ao descobrir o câncer “ficou de mal com Deus”. “Entrei numa

depressão incontrolável. Hoje, conto primeiro com Deus, porque tenho muita fé,e depois com todas essas pessoas, tratamentos e práticas que me ajudam a ter uma sobrevida melhor”, diz Maria.

Além dos aspectos emocionais, a empresária notou melhoras físicas. “Antes, fazia
 quimio e era um dia no pronto-socorro e o outro também. Era uma loucura.

Há quase um ano que eu não preciso mais ir ao pronto-socorro por conta dos efeitos do tratamento.”

Claúdia Collucci
Folha de S.Paulo

terça-feira, 14 de junho de 2011

Ração Humana

Você vai precisar de

  • Ração Humana
    Ração Humana
    250 g de fibra de trigo
  • 125 g de linhaça marrom
  • 125 g de leite desnatado em pó
  • 100 g de aveia em flocos
  • 100 g de gergelim com casca
  • 100 g de açúcar mascavo
  • 75 g de gérmen de trigo
  • 50 g de gelatina sem sabor
  • 25 g de levedo de cerveja
  • 25 g de guaraná em pó
  • 25 g de cacau em pó

Modo de Preparo:

Misture os ingredientes e adicione a sucos, frutas, leite ou iogurtes. Não substitua sua refeição, mas sim, complemente seu café da manhã ou lanche da tarde.

terça-feira, 26 de abril de 2011

SEU CORPO FALA



O resfriado escorre quando o corpo não chora.
A dor de garganta entope quando não é possível comunicar as aflições.
O estômago arde quando as raivas não conseguem sair.
...O diabetes invade quando a solidão dói.
O corpo engorda quando a insatisfação aperta.
A dor de cabeça deprime quando as duvidas aumentam.
O coração desiste quando o sentido da vida parece terminar.
A alergia aparece quando o perfeccionismo fica intolerável.
As unhas quebram quando as defesas ficam ameaçadas.
O peito aperta quando o orgulho escraviza
O coração enfarta quando chega a ingratidão.
A pressão sobe quando o medo aprisiona.
As neuroses paralisam quando a "criança interna" tiraniza.
A febre esquenta quando as defesas detonam as fronteiras da imunidade.

*Preste atenção!*
O plantio é livre, a colheita, obrigatória ... Preste atenção no que você
está plantando, pois será a mesma coisa que irá colher!!


Normalmente acontece após 3 dias do "acontecido", descubra o que te
prejudicou coloque para fora, em conversa com amigos ou com um profissional,
que vc se cura!!!

Assim sendo, desejo que você se cuide, porque sua saúde e sua vida dependem de suas escolhas!!!

Escolha ser feliz!!!

(recebido por email - sem autoria)
Loading...

Páginas